Arquivo | maio, 2012

Top 5 do Seu Saraiva

31 maio Gimme 5...
Gimme 5...

Gimme 5…

Quem me conhece há mais tempo sabe que eu sigo a filosofia Saraivesca: pergunta idiota, tolerância zero! Na verdade, é uma brincadeira para extravasar o mau humor de forma irônica, brincando com o Seu Saraiva, antigo personagem do Zorra Total que era extremamente intolerante.

Daí que outro dia eu sentei num bar BDF (bunda de fora) e fiquei reparando nas pessoas que passavam. Era um dia frio para os padrões cariocas. Tá, não era frio, mas carioca acha que é frio. Aqui não pode ficar nublado que a pessoa sai com cachecol até o nariz. E devo dizer: a maioria de nós não sabe se vestir em dias de frio (sábia gaúcha Calcanhoto que já cantarolava sobre não gostarmos de dias nublados).

E a partir daí saiu o post de hoje: o que é intolerante pra você em termos de vestimenta, independente da sua naturalidade? Separei aqui as minhas 5 intolerâncias, será que vocês concordam?

Top 1: Assuma sua temperatura corporal

Compra bota na Di Santinni, filha!

Compra bota na Di Santinni, filha!

Se está frio e a sua pedicure não tirou um bifão do pé, coloque um sapato fechado! Havaianas são lindas, mas em dias de frio fica muito feio um cachecol no pescoço e os dedinhos de fora. Bota você consegue comprar em qualquer lugar – e para todos os bolsos!

Top 2: Se usa no inverno ou no verão?

Tô com meio frio!

Tô com meio frio!

Esse aqui é parecido com o Top 1. A diferença é: por que raios uma pessoa cobre um braço por completo e o outro não? Depilou só uma axila? Acho muito bonito vestido e blusas de um ombro só, desde que tenha manguinha curta ou só alça.

Top 3: Óculos escuros no metrô

Ai que soool aqui dentro!

Ai que soool aqui dentro!

Aqui no RJ faz muito sol realmente, mas do lado de fora do metrô. A não ser que a estação seja aberta (como em algumas da linha 2 daqui), não acho nada interessante uma pessoa usar óculos escuros do lado de dentro. Tá com olheira? Passa corretivo! Conjutivites e cegueiras estão perdoadas…

Top 4: Meião pra cima fora da academia

Maromba tendência

Maromba tendência

Essa ideia de por as meinhas pra cima na academia são muito higiênicas na minha opinião, afinal, quem garante que a caneleira vai estar limpinha na hora que você a colocar? Micose é uma coisa muito feia de se ver, coça, etc. Mas se você acabou de malhar, provavelmente está suada. Se está suada, está com calor. Se está com calor, não deveria abaixar a meia pra sair na rua e refrescar as “batatinhas assadas”? Parece que a mulher está mais baixa do que já é, tipo aqueles anões de jardim, que tem a perna bem branquinha, sabe?? Ui…

Top 5: Exposição da saradez que te pertence

Sai daquiiiiii!!

Sai daquiiiiii!!

Eu confesso que esse último tópico é completo recalque – de verdade, dos 5 esse é o único que invejo. Minha filha, sua barriga é sarada, que lindo, que bacana, mas exiba pro seu amor na sua casa, em quatro paredes, porque a quantidade de obesas no mundo é grande, mas a de depressivas é maior ainda! Não humilhe aquelas que passam fome a semana inteira, andam/correm/patinam 10 km e só emagrecem 200kcal no fim do mês. Não faz isso com a gente não!

E aí, vocês concordam? Discordam? Tem mais sugestões para o tema? Comentem pra saber se foi Joinha ou se eu devo voltar pra fluoxetina! :)

E aí, vocês concordam? Discordam? Tem mais sugestões para o tema? Comentem pra saber se foi Joinha ou se eu devo voltar pra fluoxetina! 🙂

Anúncios

Vamos cozinhar?

28 maio

Sou uma estabanada por natureza. Dizem que é uma característica comum entre as pessoas altas, mas acho que no meu caso isso se agravou por não ter desenvolvido algumas “artimanhas domésticas” enquanto morava com mamys. Eram tantas “desastrezas” que eu montei um blog logo depois que casei, o Pérolas Domésticas, justamente para desabafar dividir  as minhas pérolas como dona de casa.

No entanto, até que levo jeito para lanchinhos e sobremesas. Adoro fazer pão, bolo, torta, doces… Só que meu maridón vira e mexe me pergunta: “quando você vai fazer uma comidinha pra gente?” e eu fico com aquela cara:

Oh my God, oh my God, oh my Godddd!!!

Oh my God, oh my God, oh my Godddd!!!

Mas isso era coisa do passado!! Descobri que existe um site muito bacana, chamado Gojee, onde você pode jogar os ingredientes que tem em casa e ele te dá algumas opções de receita para fazer! E não é só isso: você ainda pode colocar os ingredientes que não gosta, para assim só aparecerem opções a seu gosto. Também é possível achar receitas que você procura, dicas para elaborar drinks e, claro, atendendo a necessidade moderna atual, compartilhar com a rede social de sua preferência.

O site é em inglês, então não se esqueça de ter atenção redobrada quanto às medidas (Oz ao invés de Gramas e Tablespoon como Colher de Sopa, por exemplo).

Agora olha que frase fofa que eu encontrei no site:

 

We swear on our mother’s cookbooks that we won’t spam you”.

(Nós juramos pelos livros de receita de nossas mães que não iremos lhe enviar spams).

Só não vale colocar como ingredientes “miojo, queijo e presunto”, viu??

Coringas viajantes: por que tê-los?

28 maio

Eu estava conversando com a minha concunhadinha (beijo, Tati!) sobre roupas de viagem. Ela e meu cunha Rafa estão indo pra Espanha ai que invejaaa! e conversávamos sobre o que seria ideal levar na mala, pois o clima estará começando a esquentar lá. Daí a primeira coisa que eu disse foi: leva um vestido preto liso! Ele serve tanto pra usar de dia como de noite. E a Tati disse que não tinha! Tadinha, vai ter que procurar na H&M, Mango… rs!

Comecei a pensar: poxa, vira e mexe a gente percebe que está faltando alguma coisa básica no armário. Nós, mulheres, sempre precisamos de alguma coisinha e arranjamos motivos para comprar, mas acho que esquecemos muitas vezes daquele coringão que vai com tudo!

Sendo assim, separei aqui algumas coisinhas que, na minha opinião, tem que ter sempre na mala de viagem (em termos de roupa):

 

1)      Vestido preto liso: como disse acima, serve tanto pra de dia quanto pra noite, é só variar os acessórios. Exemplo: de dia vai com sapatilha, rasteirinha ou até um tênis estilo keds / all star / new order, acompanhado de colares básicos ou coloridos. De noite você pode jogar uma meia calça lisa ou estampada, salto, botas, lenço… o céu é o limite! E, neste caso, as temperaturas também!

Onde comprei o meu: Tenho da Zara, da Checklist e daquela loja que é de mulher pra mulher… 🙂

 

2)      Scarpin preto: não tem quem não fique chique com um sapato desses! Dá uma elegância até com calça jeans!

Onde comprei o meu: já tive da Zara (apesar dos sapatos de lá não serem tão confortáveis, dei sorte duas vezes que comprei), Mr. Cat (tem aqueles modelos de todo sempre: coleção outono/inverno/primavera/verão) e na Arezzo (tem muita variedade: de salto, tecido, verniz, camurça, salto alto, médio, baixo e são todos muito lindos!)

 

3)      Scarpin Nude: é uma necessidade recente, rs! Acho lindo sapato nude, pode colocar com qualquer cor de roupa, aliás, é mais usável que o preto, mas tem como desvantagem sujar mais rápido. Pra viagem, você pode escolher entre um ou outro.

Onde comprei o meu: Arezzo (o meu é salto Anabela baixo de camurça) e tenho também um de verniz veeeelho toda vida da Sonho dos Pés.

 

4)      Calça jeans: preciso explicar porque é essencial na maleta? Pelo menos duas, né? Mesmo que seja uma semana de viagem.

Onde comprei a minha: vou ficar até amanhã dizendo, mas vamos lá: gosto muito da Enjoy, Levi’s, Cantão e a preferidinha é uma escura de um bazar, sem marca.

 

5)      Tênis: não adianta enrolar e levar aquele baixinho bonitinho de oncinha porque tênis bom pra viagem é aquele de academia. Se você quer conhecer mesmo o lugar, vai querer andar, e se não quer bolhas, tem que levar tênis de verdade!!

Onde comprei o meu: O que melhor me adaptei foi o da Nike. Tênis é algo muito relativo e não vale só beleza, tem que calçar bem e proporcionar conforto, porque depois das bolhas feitas a viagem se torna uma tortura!

 

6)      Blusa branca: o maior coringão de todos! Combina com tudo, até com calça branca (para não ficar com look medicina/odonto, que tal um cintinho dourado ou de oncinha?)

Onde comprei a minha: recentemente vi sociais bonitas na Renner e na checklist (seda), mas esse é o item mais fácil do mundo, não carece explicações!

 

7)      Echarpe: tem que ter! Serve pra aquecer o pescoço no inverno, para dar uma espantada no frio do ar condicionado do restaurante, para enfeitar a blusa básica branca… indispensável!

Onde comprei o meu: Renner tem vários bonitos, recentemente vi na C&A também, ambos com preços justos (não consigo me imaginar pagando R$ 100,00 por um pedaço de pano grifado, so sorry).

 

8)      Bolsa com alça comprida: Eu odeio ficar segurando bolsa a tiracolo enquanto tiro foto (e vejo roupa e maquiagem nas lojas heheheh) e por isso, na minha opinião, é a melhor escolha, ainda mais hoje em dia que tá na moda usar bolsa desse tipo sem cruzar.

Onde comprei a minha: Uncle K (ganhei da sogrinha) e Tommy Hilfiger (comprei no Chile).

 

E na sua opinião? Leva algo mais além do que mencionei? Achou exagerada a listinha?  Criticas, duvidas e sugestões são sempre muito bem vindas na caixinha de comentários ali embaixo! 🙂

Imagem

Fica a dica!

24 maio

20120523-212707.jpg

Recadinho rápido: tô super na correria essa semana, mas posts novos virão no fim de semana!

E eu não esqueci do bazar (já fui cobrada, sabe?), só tá faltando pegar o manequim na minha amiga pra tirar as fotos!

Um beijo pra você que ainda me dá credibilidade!! 🙂

Carol.

Tecnologia: Mais aplicativos de desenho livre!

17 maio

Vocês lembram do post em que falei sobre o Draw Something? Então, depois que escrevi, fui ver o e-mail que a Patty, minha grande amiga e conselheira para assuntos tecnológicos, tinha enviado para eu publicar.

E era sobre o que? Sobre os aplicativos de desenho livre que estão ganhando espaço na Apple Store e, conseqüentemente, os pincéis que podem ser usados em diversos games (haja sintonia, dona Patricia!). O que mais chamou a atenção dela é um pincel chamado Sensu, tem vídeo dele aqui.

O Sensu começou como um projeto no Kick Starter, um site onde você coloca a sua ideia com um vídeo e uma descrição, quantos dólares de investimento você precisará e depois é só sair divulgando. Cada projeto tem uma meta e cada pessoa que investe dinheiro eles chamam de “Backer” (porque você está apoiando – backing up – um projeto). Dependendo da quantidade de dinheiro investido, você ganha alguma coisa, estipulada pelo dono do projeto. Se for pouco, geralmente você ganha um muito obrigada e o seu nome aparece nos créditos, se der mais, recebe o projeto em casa (que no caso seria um pincel). Mas se você for o Bill Gates da bagaça e investir “mooooito”, você irá receber vários em casa, personalizados do jeito que você quiser!

O site do Sensu no Kickstarter é esse.

O Sensu já conseguiu os fundos necessários para desenvolver o projeto e estará pronto para vendas a partir deste mês! O projeto entrou no Kickstarter no ano passado, em outubro, e precisava de 7.500 dólares. Como já tem 65 mil, todo mundo quer o pincel, né?!

Ah, caso a pessoa não consiga bater a meta no tempo estipulado, você recebe seu dindin de volta…

O site oficial do Sensu é http://www.sensubrush.com/

E aí, você investiria?

*Patricia Corrêa é designer e estará bastante aqui no blog dando dicas tecnológicas!

Olimpíadas 2012

16 maio

2012 é um daqueles anos com eventos importantes que a gente sempre fica na expectativa: é ano de eleição a governador Olimpíadas!!

De 27 de julho a 12 de agosto serão realizadas as Olimpíadas 2012 – Londres. Eu adoro a cidade e, se fosse dondoca tivesse grana, iria adorar estar lá! Deve ser emocionante estar num lugar que respira a emoção do esporte e de várias culturas, ainda mais num lugar tão interessante e histórico! O jeito é colar na telinha e acompanhar as reprises (sim, porque eu sou gente que rala e com certeza os jogos passarão nos horários que eu estarei no “trampo”)!

Daí que, olhando o Petiscos, vi que eles noticiaram duas grandes marcas que desenharam roupas exclusivas para esta ocasião: Stella McCartney e Adidas!

Vou colocar aqui as peças que achei mais interessantes:

HAHAHAHAHAHAH, calma que eu não pirei ainda mais!  Quem, além do time de natação ou ciclismo da UK iria usar esse treco?

Agora sim, as mais legais na minha opinião.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Você também joga Draw Something?

14 maio

Depois da Luiza ter ido pro Canadá, dos “afinadinhos” cantarem “para noooossa alegriiia” pra todo o Brasil e o instagram começar seu processo de orkutização como o Facebook, mais uma ferramenta é sucesso e mania entre todo mundo: o Draw Something!

Para quem ainda não conhece (em que mundo você vive?), este joguinho sensação de alguns smartphones e tablets com iOS e Android é um joguinho de desenho parecido com o Imagem e Ação, mas sem mímicas. É assim: ele te dá 3 opções de tema, definidos como fácil, médio e difícil (1, 2 e 3 moedas, respectivamente), e no primeiro momento você só tem 4 opções de cores, mas conforme vai jogando, você vai ganhando moedas e pode comprar mais cartelas de cores. Demora até você conseguir a quantidade de moedas suficientes para compra, então quanto mais pessoas estiverem jogando contigo e quanto mais desenhos difíceis você desenhar ou adivinhar, melhor! E para quem está adivinhando, ele te dá opções de letras para responder o desenho, e você também tem a opção de comprar bombinhas, que explodem 1x por jogo e tiram a maioria das letras que você não vai usar. As bombas são mais caras ainda de comprar! Pra quem está pensando em ser exxxperrrtinho e comprar a versão paga, aviso que uma amiga fez isso achando que teria o mundo de cores e bombas e ficou bem decepcionada…

Eu particularmente adoro jogar e quanto mais pessoas na minha rede, melhor, fico mais feliz pensando nas moedinhas! No entanto, confesso que me assusta quando vejo pessoas viciadas nele. O nível de “doença” tá tão grande que outro dia estava num curso e as meninas do meu grupo começaram a comentar:

Menina 1: Ah, meu draw something não quer funcionar, tô desesperada (!), o que eu faço?

Menina 2: Puxa, não sei, mas eu não agüentaria ficar sem! Inclusive hoje eu comprei uma caneta para fazer os desenhos…

Eu: Caneta??? Como assim?

E aí eu descobri que agora estão vendendo umas canetinhas sem tinta cuja tampa é de borracha e dizem que facilita na hora de desenhar. Eu não tentei, mas confesso que fiquei curiosa!

Apesar desse alvoroço todo, pesquisas dizem que o joguinho já está sendo deixado de lado e que está perdendo, em média, 4 milhões de usuários por mês. Eu não consigo acreditar, acho que isso é uma tentativa de derrubá-lo, porque pelo menos entre meus amigos e colegas o Draw Something é bastante conhecido, jogado e elogiado. Mesmo assim, é de se respeitar um jogo que já foi baixado 50 milhões de vezes em apenas 50 dias!

E qual é o seu joguinho favorito? Vamos trocar umas idéias??

%d blogueiros gostam disto: