Arquivo | janeiro, 2013

O Sofrimento

28 jan

lagrimas1

 

Redundante serei se falar sobre o caso.

 

 

Insensível serei se deixá-lo de lado.

 

Na verdade, não foi exatamente a tragédia que aconteceu em Santa Maria que me motivou a escrever sobre sofrimento, mas sim algumas outras situações e provações que andam ocorrendo ao meu redor.

 

Enquanto muitos pensam em culpados pelo sofrimentos, outros querem compará-lo com a dor de outras pessoas. E seria justo comparar uma dor, uma tristeza, qualquer coisa que o coloque para baixo com as razões para outras pessoas estarem ou serem tristes? Uma coisa é você pensar na tragédia dos outros como uma forma de tentar aliviar ou pensar que seu problema não é tão grande. Outro é alguém vir até você, apontar para o que lhe aflige e dizer que seu problema não é nada comparado ao problema de outras pessoas – “nossa, foi muito pior.

 

Sim, pior do que ter alguém em recuperação em casa é ter alguém internado. Sim, pior é ter uma doença incurável. É pior a perda de alguém querido. Muito pior a fome, pobreza, injustiça e tantas coisas mais que acontecem todos os dias ao redor do mundo. E isso faz da sua dor menos importante? Você não pode ficar triste, é proibido, visto que têm coisas piores no mundo?

 

Cada dia que passa eu fico mais pasma com a insensibilidade das pessoas. E a justificativa é que você, pobre triste, é sensível demais. É, as pessoas não são grossas, as outras é que são sensíveis demais!

 

Fraternidade, compaixão, amizade, entre tantas outras palavras ou maneiras bonitas de se estender a mão amiga a quem precisa… para que ferir com “possíveis verdades sem cabimento”?

 

Termino com a expressão do grandioso São Francisco de Assis: “… é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna”.

 

Sejam bons com seus próximos! E muita luz à todos que sofrem neste momento com esta terrível tragédia em nosso país.

Anúncios

Esmaltes Granado*

26 jan

*Este post não é patrociando (não tenho esta bola toda, rs!)

 

 

Adoro essa mocinha "distinta"...

Adoro essa mocinha “distinta”…

 

Todas as cores dos esmaltes granado

Todas as cores dos esmaltes granado


Depois do recente “reposicionamento”da marca Granado, tive curiosidade de procurar usar seus produtos, principalmente os de embalagem “rosinha-bonitinha-patricinha”. Aliás, essa é uma jogada e tanto de marketing: colocar cores e imagens que estimulem a compra, sem você querer saber se o que está dentro é tão bom. Sim, porque mulher que se preze é consumista, e consumista que se preze leva 5 produtos diferentes da embalagem “rosinha-bonitinha-patricinha” de uma vez só!

 

Para a minha sorte, gostei dos produtos, embora eu não me lembre de ter usado um até o final. Isso é um problema particular, acho que sofro da “síndrome da borracha escolar” quando se trata de produtos de beleza: compro sempre uma novidade sem acabar com o que tenho em casa primeiro. Chamo a minha síndrome assim porque eu nunca consegui acabar com uma borracha sequer!

 

Enfim, os primeiros produtos que experimentei não foram os esmaltes e nem foi por causa deles que resolvi experimentá-los. A verdadeira razão foi a minha gata, a Adele. Antes que os protetores dos animais e os chatos (são grupos diferentes, que fique claro) achem que eu andei pintando a unha da minha bebê, calma que eu explico. Meu maridinho cismou que tínhamos que dar um banho na gatinha, afinal, ela tinha 5 meses e nunca havia tomado banho. Ele é um daqueles “grandes conhecedores de gatos” (cof cof), acha o comportamento felino parecido com o canino, mas confesso que ele tem melhorado e já sabe que a maioria das vezes que a Adele balança o rabo é porque está irritada e não feliz.

 

Voltando aos esmaltes: fui na Granado num dia de muito calor e, achando que aquilo poderia estar ocasionando sofrimento à minha bichana, resolvi ceder ao marido e dar um banho nela, mas claro que não seria qualquer banho, porque mãe que mima tem que comprar o melhor pro seu filho. E eu lembrei de uma amiga elogiando muito os produros Pets da Granado. E lá fui eu na loja atrás deles. Mas dei de cara com os esmaltes!

 

Eles vendem todos numa caixa muito linda, que eu nem procurei ficar olhando para não me apaixonar, pois custava em torno de R$ 80,00 o kit e, cá entre nós, eu não preciso disso tudo, né? Mas aí me acometeu outra síndrome, a de Elma Chips: “é impossível comer comprar um só”. E os escolhidos, eu juro, tinham tuuuudo a ver comigo, era algo cósmico! Vejam só:

 

Esmalte-Base: quem não precisa de uma fortalecida nas unhas?

Esmalte-Base: quem não precisa de um brilho extra nas unhas?

 

Grace: eu teria que pinter as unhas de claro para a apresentação do sapateado, e essa cor é uma Graça (tum tum tzzz)!

Grace: essa cor é que nem eu, uma graça! (tum tum tzzz)

 

Julie: do filme "Julie & Julia", motivo do outro blog!

Julie: do filme “Julie & Julia”, motivo do outro blog!

 

Ginger: olha o sapateado aí, gente!!!

Ginger: olha o sapateado aí, gente!!!

Esmalte-Base: dizia que era 2 em 1, podendo ser usada diretamente sobre a unha ou por cima, garantindo mais brilho, durabilidade e proteção quando aplicada como última camada do esmalte. Não concordo, usei já umas 3x e não achei que aumentou a durabilidade. Brilho ok.

Grace: comprei por causa da apresentação do sapateado, que faria em alguns dias. Sempre temos que pintar de clarinho e foi uma opção para variar o feijão com arroz Paris + Renda. Me surpreendeu positivamente e ficou uma graça mesmo, várias pessoas elogiaram!

Julie: na minha opinião, a mais bonita dos quatro que comprei! É um rosinha que lembra o Rosa Antigo da Colorama, mas mais bonito e brilhoso! Já usei várias vezes.

Ginger: adorei essa cor, mais puxada para o laranja. Achei que fosse mais discreto, mas não decepcionou. Usei no ano novo e ornou super bem com o vestidinho amarelo que usava!

 

Em relação a durabilidade, eu não achei muito melhor que os outros esmaltes nacionais. Tenho feito bastante coisas em casa e ela andou descascando. No entanto, após dar uma retocada, ela segura mais alguns dias. As cores são bonitas, não é tão barato, pois um frasco custa por volta de 15 reais, mas acho que vale a pena conhecer. Hoje eu não compraria tantos, porém não me arrependo das cores adquiridas.

O site com a coleção de esmaltes completa é esse aqui. Pelo que vi, na lojinha virtual estão todos esgotados, mas vale a pena dar uma olhada nos endereços das lojas físicas, caso lhe interesse.

 

Ah: a Base 2 em 1 é mais barata, em torno de 12 reais.

 

Bisous!

Biscoitos Amanteigados

16 jan

Estou descobrindo novas receitas pela internet, novos programas culinários na tv e fazendo novas tentativas em casa – e, claro, queimando utensílios domésticos, quebrando o forno… coisas de pessoas estabanadas como moi!

Definitivamente, meus talentos (se é que posso chamar assim) estão mais voltados para a produção de porcarias doces. E como tem chovido bastante, que tal um finzinho de tarde com um cafezinho e biscoitinhos amanteigados?

A receita a seguir é da Rita Lobo, que apresenta o programa “Culinária Prática” no GNT, e retirei do site dela, o panelinha.

hummmm...

Ingredientes

1 xícara (chá) de farinha de trigo
1/4 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) ou 100 g de manteiga*
1/2 colher (chá) de essência de baunilha
manteiga e farinha de trigo para untar e enfarinhar

*Eu usei metade desta quantidade de manteiga porque quando tentei da primeira vez achei que estava esfarelando muito.

Modo de Preparo

1. Preaqueça o forno a 180ºC (temperatura média). Unte uma assadeira grande com manteiga e enfarinhe com um pouco de farinha de trigo.

2. Numa tigela, junte a farinha, o açúcar, a manteiga e a essência de baunilha e amasse bem com as mãos até formar uma massa uniforme.

3. Embrulhe a massa com filme plástico. Leve à geladeira e deixe descansar por 15 minutos.

4. Divida a massa em 3 porções. Faça um rolinho com cada porção. Corte cada rolinho em rodelas de 1 cm de espessura.

5. Com os dentes de um garfo, aperte levemente cada rodelinha, formando um desenho.

6. Distribua os biscoitos sobre a assadeira, deixando uma distância entre eles.

7. Leve ao forno para assar por 25 minutos ou até os biscoitos ficarem levemente dourados.

8. Retire do forno, deixe esfriar e sirva.

Espero que gostem!

Bjks!

Com licença…

11 jan

Excuse me!

Excusez-moi!

Permiso!

 

Tão achando o quê? Que a língua universal do gato é miau? Nananinanão…

 

E sim, sou eu, a Adele, gatinha da Carol que está escrevendo! Assim como mamis, resolvi ter meu próprio blog. Se quiser dar uma curtida, o site é http://gatadelicia.wordpress.com.

 

Lambeijos,

Adele!

Interlaken – Suíça

10 jan
Interlaken 2012

Interlaken 2012

Quando nos planejamos para conhecer Interlaken, na Suíça, nós não imaginávamos que fosse um lugar tão bonito. Mentira, imaginávamos sim, senão não iríamos nos despencar até lá. O que quero realmente dizer é que estando lá é outra coisa. O visual arrebenta mesmo! Pode ver pela foto acima, tirada pelo meu maridinho, que não é fotógrafo profissional e nossa máquina idem. O lugar tem que ser muito belo pra sair assim nestas condições, concordam?

Eu resolvi escrever este post para falar sobre algumas coisas que só descobri na cidade. Eu não vou tentar falar sobre a história da cidade nem muitos detalhes sobre hotéis, restaurantes e afins porque não sou guia turística e sites específicos como o do Ricardo Freire são beeeem melhores neste quesito.

O fato é o seguinte: o interesse surgiu depois que um casal de amigos voltou de viagem e só falava de Interlaken. Tipo um mês era só esse o assunto! Daí que fizemos o roteiro das nossas férias e dentro das condições de temperatura e pressão (também conhecidas como milhas aéreas) decidimos colocá-la em nossa viagem de trem. Mas quando procuramos informações sobre esta cidade, não encontramos uma variedade, apenas mais do mesmo. E é aí que entra a história dos souvenires. Nunca diga à uma mulher que ela tem imãs demais na geladeira, ou que não aguenta mais entrar numa lojinha de quinquilharias, ok? Porque foi exatamente assim que conhecemos fulana (que falta de respeito, esqueci o nome da indivídua), uma vendedora brasileira que mora há 3 anos na cidade. E que nos deu simplesmente dicas perfeitas, que nos ajudaram (e deram um pouco de raiva) nestes 4 dias que ficamos por lá. Bora nessa?

1) Interlaken é divida em Interlaken West e Interlaken Ost. Nós estávamos na parte Ost, perto de um pasto cheio de vaquinhas, bem ao lado da rua principal – inclusive acredito que a vaca Milka seja de lá. Enfim, você logo vai ver um hotel super luxuoso (Grand Hotel Victoria-Jungfrau) e, atrás dele, um prédio horroroso que não tem nada a ver com a cidade nem com as demais construções de lá. Pois o prédio horrendo, que se chama Hotel Metropole, possui uma das melhores vistas da cidade! De quebra, você pode tomar um delicioso chocolate quente ou uma cerveja bem gostosa, a preços super justos!

Vista do hotel

Vista do hotel

2) Se o que você busca é agito, esqueça o mês de novembro no calendário “interlakiano”!!! Simplesmente as pessoas somem nesta época, pouquissimas pessoas na rua (a maioria são os turistas chineses), não há muita variedade para se fazer a não ser comer batata souté, fondue de queijo e o McDonald’s que existe em todo lugar que se preze! De verdade: na última semana de novembro – justamente a posterior que saímos – é que abriu a estação de esqui.

Top of Europe

Top of Europe

Brrrr....

Brrrr….

3) Conhecer Jungfrau – Top of Europe: este sim é um ponto turístico obrigatório e que, pelo que entendi, dá pra fazer em qualquer época do ano – afinal, nós conseguimos ir! A questão: é caro pra dedéu! Para se estar no ponto mais alto da Europa vc deverá desembolsar em torno de R$ 300,00 cada um!!!!!! Aí vcoê me pergunta: e isso é dica boa aonde? Pois é. A maioria sabe que eu sou carioca, né? É… ai ai… (respirando fundo pra não dar um chute na minha bunda). A companhia de trem que administra Jungfrau é a mesma que administra o Cristo Redentor. Retificando: são monumentos irmãos, segundo o meu marido, e existem outros pontos turísticos com o mesmo esquema. Ou seja: se você levar o ticket do Cristo pra lá, você ganha 50% de desconto! É!!!! Claro que não sabíamos, claro que não levamos e… claro que esquecemos o mesmo ticket que nos garantiria 50% de desconto no Corcovado no quarto do hotel!

Para saber mais sobre este passeio, entre neste link aqui.

DSCN1317DSCN1333DSCN1308DSCN1291DSCN1281

Agora, se eu puder te dar uma dica, faça a sua trilha! Saia andando e explorando! Você irá descobrir cada vista fantástica!

E lembre-se: suíços são finos. Eles nunca lhe mandarão cagar no mato.

E sim mandarão tomar banho no mato!!

E sim mandarão tomar banho no mato!!

Escreveu, não leu, o Google comeu!

3 jan

RSZ-2013-01-01-Zeitgeist-580x487

 

Ah, esse google… sempre inventando moda!

 

Ainda na vibe de Feliz Ano Novo, descobri pelo site Petiscos que o Google inventou uma ferramenta para que você possa compartilhar suas promessas para 2013!

 

E assim: com este tipo de mapa interativo, você consegue compartilhar suas metas com qualquer pessoa no mundo, dentro de categorias como amor, saúde, carreira, etc. Essas promessas vão aparecer por países. Eles também fizeram uma retrospectiva com os principais acontecimentos de 2012.

 

A quem interessar, clique aqui.

 

Google. O grande criador do São Tomé virtual – tem que ver pra crer!

Caindo a ficha número 2013!

2 jan

 

Feliz Ano Novo!

 

2013

2013

 

Chegou 2013, mas a ficha ainda não caiu, rs! É estranho pensar que já mudamos o ano, mas é muito boa a sensação de colocar novas metas na vida, de desejar ser melhor, de estar motivada a mudar… É engraçado pensarmos assim apenas quando o ano vira, o “novo ciclo” começa, quando podemos retomar a qualquer momento de nossas vidas.

Não quero fazer de 2013 uma “segunda-feira vou começar a dieta”. Quero realmente fazer acontecer e realizar sonhos que ainda não atingi. E por mais que 2012 tenha me deixado algumas mágoas, marcantes e profundas, é importante lembrar das coisas bacanas que fiz:

 

– Novos amigos: adoro fazer novas amizades e no ano passado pude conhecer novas pessoas e aumentar as que já tinha. Isso aconteceu especialmente no sapateado, hobby que amo e que estou entrando no terceiro ano. Que grupo bom!;

– Falando em sapateado, este é um hobby que sempre sonhei fazer e, agora que estou “dentro”, só penso em deixar (ou melhor, parar momentaneamente) quando engravidar. Me encontrei e meu desejo é em cada ano dançar mais uma coreografia;

– Viajei bastante! Revi meus amigos do Sul, visitei meus parentes em Minas, conheci novos lugares nas férias… como é bom viajar!;

– Ganhei uma filha! Um sonho guardadinho na gaveta que cheguei a pensar que nunca se realizaria! Estou apaixonada e ter um bichinho de estimação renova a alegria da casa!;

– Ganhei mais um afilhado! Na minha vida, já tive experiências bem tristes em relação a amizade, mas receber este presente de uma amiga tão querida é perceber que nem sempre a culpa é sua e que algo de bom neste planeta eu fiz para receber um carinho tão grande!

 

Vida que segue, energia renovada e agora é a hora de pensar para qual lado seguir. Apesar de estar um pouco confusa mentalmente em relação a minha profissão, essa é a hora que preciso estar focada e definir as metas a serem alcançadas. Com uma família abençoada e amigos tão queridos me apoiando, tenho certeza que esta nuvem irá desaparecer logo logo da minha mente.

 

Vem com tudo, 2013! Entre na minha vida e seja um ano positivamente inesquecível!

%d blogueiros gostam disto: