Arquivo | março, 2013

Eu me amo!!

18 mar

images

 

Depois de um conto tão depressivo, eu sumo! Que suspennnnse!!!

 

Na verdade, estava sem inspirações para escrever. Desde Dezembro aconteceram algumas coisas chatas que foram minando não só a vontade de escrever como também de fazer tudo o que gostava. Só que ninguém gosta de ficar do lado de gente assim, não é verdade? Pois é. E nem eu estava me aguentando!

 

Sendo assim, comecei a fazer do limão uma limonada e tentar colar os caquinhos com super bonder – alô jabá sem retorno!

 

Uma das coisas que tive que mudar foi meu corpo. Poderia muito bem colocar a culpa nestes poucos meses, mas a verdade é que desde que me casei, em 2009, fui ganhando muito peso. E se sua avó já dizia que casar fazia isso, há, te digo que aqui não foi beeem assim. Não foram as comidas de casa, e sim sair cada vez mais para comer fora que fizeram isso! Mais um trabalho chato que não me dava retorno nenhum, e lá vinha a comida como compensação…

 

Até que resolvi dar um basta. Foi muito difícil tomar esta atitude. Se antes dos 30 a minha força de vontade vinha num piscar de olhos, agora foi uma luta. Mas acho que estou vencendo!

 

O post de hoje é para motivar todo mundo que está precisando de um empurrãozinho na vida. Se seu problema não é dieta, que as minhas mudanças te ajudem de alguma forma!

 

Bom, como estou em contenção de despesas, tive que optar pelo que fazer. Faço sapateado há 3 anos, amo e não penso em sair, ainda mais agora, que ele está mais aeróbico do que nunca. Meu sonho de fazer sapateado vem desde os 12 anos, mas só pude realizá-lo agora. E embora eu receba críticas, é esse o exercício que escolhi. A academia é necessária, até para fortalecer a musculatura para a dança, mas agora não dá.

 

A grande mudança mesmo veio com a dieta. Já fiz várias, já sei o que fazer de cór, mas se você não pagar e ntiver que ir lá de 15 em 15 dias não funciona. E eu não queria tomar remédios, então voltei pra nutricionista que não via desde 2008. Estou nela há 26 dias e já emagreci 3,5kg. Ainda falta muito para chegar à meta, mas imagina quanto eu estaria engordando se não tivesse tomado esta atitude? Fora as roupas que estava perdendo e dinheiro, pq até comprar coisas eu tive para vestir – e se antes gastar dinheiro com roupas era um prazer, gorda como estava era um parto!

 

Ganhei também outras coisas:

 

1) Alimentação mais saudável

Antes eu só gostava de 3 legumes/verduras: alface, tomate e cenoura (e comia como obrigação). E se você se sente assim, experimente sentir fome e não poder comer besteiras. Foi a melhor forma para experimentar coisas novas! No primeiro dia de dieta, passei muita fome, e fui procurar na geladeira algo que pudesse comer dentro da dieta da nutri. Tinha abobrinha! Ecaaaaa! Vambora, né? E para minha surpresa eu gostei! Oba, mais uma opção! E assim surgiram em minha vida a abóbora, couve-flor e beringela. E muitos outros ainda virão, tenho certeza!

 

2) Aprender a cozinhar

Eu sou uma negação na cozinha, mas venho me virando muito bem! Adoro fazer doces, tortas, biscoitos e na vida de dieta tive que aprender a cozinhar coisas saudáveis. Coisas bobas, como quibebe e purê de batata doce mudaram meus almoços!

 

3) Geladeira mais saudável

Ter opções melhores na geladeira fazem você ficar com vontade de aproveitar mais e se manter em forma, é sério! Vá num hortifruti da vida, sinta aquele cheiro de frescor vindo das lindas frutas, verduras e legumes frescos! Faz uma baita diferença no paladar. E tem também as besteirinhas saudáveis. Eu elegi o okoshi e as rosquinhas suavipan de chocolate para os lanches acrescidos com vontade de doce. E gelatina diet, pra toda hora!

 

4) Corrida

Meu sonho sempre foi participar de uma corrida oficial e realizei isso no ano passado, onde participei de duas: uma feminina, da nike, e uma de outono, da adidas. Só que larguei de mão por causa do calor (minha pressão é muito baixa e eu realmente passo mal no calor). Agora que vai ficar mais fresco, quero voltar aos meus treinos. Tenho um aplicativo muito legal, o 5k runner, que me ajudou no ano passado e que quero usar novamente, como se fosse a primeira vez, para voltar às corridas.

 

É isso! Espero ter te motivado de alguma forma, pois desculpas existem muitas: não tenho tempo, tenho filhos, não tenho dinheiro… Se você tiver força de vontade, essas desculpas desaparecem rapidinho! Acorde cedo e vá malhar, ou chegue mais cedo, salte do ônibus uns pontos antes, você vai ver quando suas roupas ficarem mais soltinhas e as pessoas disserem que você está mais magra como vai ser bom. Conheço pessoas que só fazem exercício, não adianta, tem que se esforçar sim na alimentação. Tapar o sol com a peneira não vai adiantar.

 

Volto depois para contar as outras mudanças. Além da corrida e de perder mais pesos, quero voltar a usar meus cremes, que estão encostados lá no banheiro. Xô, preguiça!

 

bicho-preguica

%d blogueiros gostam disto: