Arquivo | Aplicativos RSS feed for this section

Escreveu, não leu, o Google comeu!

3 jan

RSZ-2013-01-01-Zeitgeist-580x487

 

Ah, esse google… sempre inventando moda!

 

Ainda na vibe de Feliz Ano Novo, descobri pelo site Petiscos que o Google inventou uma ferramenta para que você possa compartilhar suas promessas para 2013!

 

E assim: com este tipo de mapa interativo, você consegue compartilhar suas metas com qualquer pessoa no mundo, dentro de categorias como amor, saúde, carreira, etc. Essas promessas vão aparecer por países. Eles também fizeram uma retrospectiva com os principais acontecimentos de 2012.

 

A quem interessar, clique aqui.

 

Google. O grande criador do São Tomé virtual – tem que ver pra crer!

Tecnologia: Mais aplicativos de desenho livre!

17 maio

Vocês lembram do post em que falei sobre o Draw Something? Então, depois que escrevi, fui ver o e-mail que a Patty, minha grande amiga e conselheira para assuntos tecnológicos, tinha enviado para eu publicar.

E era sobre o que? Sobre os aplicativos de desenho livre que estão ganhando espaço na Apple Store e, conseqüentemente, os pincéis que podem ser usados em diversos games (haja sintonia, dona Patricia!). O que mais chamou a atenção dela é um pincel chamado Sensu, tem vídeo dele aqui.

O Sensu começou como um projeto no Kick Starter, um site onde você coloca a sua ideia com um vídeo e uma descrição, quantos dólares de investimento você precisará e depois é só sair divulgando. Cada projeto tem uma meta e cada pessoa que investe dinheiro eles chamam de “Backer” (porque você está apoiando – backing up – um projeto). Dependendo da quantidade de dinheiro investido, você ganha alguma coisa, estipulada pelo dono do projeto. Se for pouco, geralmente você ganha um muito obrigada e o seu nome aparece nos créditos, se der mais, recebe o projeto em casa (que no caso seria um pincel). Mas se você for o Bill Gates da bagaça e investir “mooooito”, você irá receber vários em casa, personalizados do jeito que você quiser!

O site do Sensu no Kickstarter é esse.

O Sensu já conseguiu os fundos necessários para desenvolver o projeto e estará pronto para vendas a partir deste mês! O projeto entrou no Kickstarter no ano passado, em outubro, e precisava de 7.500 dólares. Como já tem 65 mil, todo mundo quer o pincel, né?!

Ah, caso a pessoa não consiga bater a meta no tempo estipulado, você recebe seu dindin de volta…

O site oficial do Sensu é http://www.sensubrush.com/

E aí, você investiria?

*Patricia Corrêa é designer e estará bastante aqui no blog dando dicas tecnológicas!

Você também joga Draw Something?

14 maio

Depois da Luiza ter ido pro Canadá, dos “afinadinhos” cantarem “para noooossa alegriiia” pra todo o Brasil e o instagram começar seu processo de orkutização como o Facebook, mais uma ferramenta é sucesso e mania entre todo mundo: o Draw Something!

Para quem ainda não conhece (em que mundo você vive?), este joguinho sensação de alguns smartphones e tablets com iOS e Android é um joguinho de desenho parecido com o Imagem e Ação, mas sem mímicas. É assim: ele te dá 3 opções de tema, definidos como fácil, médio e difícil (1, 2 e 3 moedas, respectivamente), e no primeiro momento você só tem 4 opções de cores, mas conforme vai jogando, você vai ganhando moedas e pode comprar mais cartelas de cores. Demora até você conseguir a quantidade de moedas suficientes para compra, então quanto mais pessoas estiverem jogando contigo e quanto mais desenhos difíceis você desenhar ou adivinhar, melhor! E para quem está adivinhando, ele te dá opções de letras para responder o desenho, e você também tem a opção de comprar bombinhas, que explodem 1x por jogo e tiram a maioria das letras que você não vai usar. As bombas são mais caras ainda de comprar! Pra quem está pensando em ser exxxperrrtinho e comprar a versão paga, aviso que uma amiga fez isso achando que teria o mundo de cores e bombas e ficou bem decepcionada…

Eu particularmente adoro jogar e quanto mais pessoas na minha rede, melhor, fico mais feliz pensando nas moedinhas! No entanto, confesso que me assusta quando vejo pessoas viciadas nele. O nível de “doença” tá tão grande que outro dia estava num curso e as meninas do meu grupo começaram a comentar:

Menina 1: Ah, meu draw something não quer funcionar, tô desesperada (!), o que eu faço?

Menina 2: Puxa, não sei, mas eu não agüentaria ficar sem! Inclusive hoje eu comprei uma caneta para fazer os desenhos…

Eu: Caneta??? Como assim?

E aí eu descobri que agora estão vendendo umas canetinhas sem tinta cuja tampa é de borracha e dizem que facilita na hora de desenhar. Eu não tentei, mas confesso que fiquei curiosa!

Apesar desse alvoroço todo, pesquisas dizem que o joguinho já está sendo deixado de lado e que está perdendo, em média, 4 milhões de usuários por mês. Eu não consigo acreditar, acho que isso é uma tentativa de derrubá-lo, porque pelo menos entre meus amigos e colegas o Draw Something é bastante conhecido, jogado e elogiado. Mesmo assim, é de se respeitar um jogo que já foi baixado 50 milhões de vezes em apenas 50 dias!

E qual é o seu joguinho favorito? Vamos trocar umas idéias??

%d blogueiros gostam disto: